21/02/09

Desculpem, vim de fim de semana e nem me despedi.
Querem que vos traga alguma prenda? Prometo embrulhos originais e um brinde com champanhe.
Um aparte 1 - Isto do champanhe parece coisa maricola, no entanto, apesar de não ser uma bebida por mim muito apreciada, para o brinde não haverá certamente refresco mais indicado. Minto?
Um aparte 2 - Gosto das taças, das taças largas e baixinhas onde eram servidos os espumantes na altura da minha infância. Lembram-se delas, certamente! Expirimentem e avaliem a diferença do mesmo champagne servido numa flute ou numa taça. Quem sai vencedor? E não me venham os enólogos dizer que a flute é mais apropriada, dado que, a altura e a largura do corpo do "copo" são as mais necessárias características para catalizar os aromas, as notas da serra e das raizes, tal como, o refinado borbulhar.
Viva a taça que, até pelo som mais aberto e menos manhoso do seu brinde, ganha à flute.

champagne, champagne for everyone

5 comentários:

ribas disse...

Ola gostei do teu blog...PARABENS

bifidusativus disse...

boas Rivas, aparece mais vezes, fazes sempre cá falta.

Anónimo disse...

Beijei-te por detrás da roupa estendida... Ninguém viu :)

pinguim disse...

Sem ser grande apreciador da bebida, sempre as taças, em desfavor das flutes...

Fabulastic disse...

Prefiro o bico de pato aplicado directamente na garrafa. É uma das poucas coisas na vida onde prefiro a eficácia à em deterimento da elegância.

ao lado