26/08/10


Antes de descerem à terra das criaturas feias,

as criaturas bonitas lambem-se até abrirem fendas largas nos braços, nas pernas e nos pés.

Quando largam os sítios altos, os telhados de todas as montanhas,

vestem-se de feridas vaidosas enquanto se transformam em criaturas líquidas e vermelhas.

Dos telhados das montanhas nunca desceram criaturas bonitas e arranjadas.

Pelo caminho, acabam por morrer afogadas no seu sangue e no seu brio.

ao lado